12 plantas comestíveis que você não pode deixar de experimentar no Chile

Por: Ladera Sur

De ervas que crescem no deserto a sementes de árvores que substituem a pimenta, aqui você encontrará uma seleção requintada de plantas, ervas e frutas comestíveis nativas que dão novos e interessantes sabores as preparações. Não perca esta interessante lista que destaca alguns dos condimentos mais destacados do Norte e do Sul do Chile!

Além de nos proporcionar paisagens espetaculares e bons momentos, a natureza no Chile nos oferece inúmeras possibilidades de experimentar sabores novos e interessantes. De frutas, até ervas, cogumelos e plantas comestíveis, no país encontramos ingredientes únicos que podem levar as preparações comuns para o próximo nível.

Hoje, queremos convidá-lo a conhecer os ingredientes estelares dos extremos do Chile: San Pedro de Atacama ao norte e Patagônia ao sul, ambos destinos aproveitaram esses dons da natureza para implementá-los em seus pratos e preparações doces provocando um delicioso despertar gourmet na área.

Não perca esta lista com 12 produtos nativos comestíveis que vale a pena conhecer!

 

San Pedro de Atacama

Não há dúvida de que San Pedro de Atacama tem encontrado nos ingredientes nativos e culturas originarias, uma grande fonte de inspiração gastronômica. Ao andar pelas ruas da cidade, é comum ver sorveterias que oferecem sabores extravagantes como sorvete de quinoa, algarrobo e rica-rica. O mesmo vale para os vários restaurantes locais, que oferecem pratos como filé de carne grelhada com molho de chañar ou batatas com rica-rica. E como esquecer a cerveja local Solcoreña que, entre suas diferentes variedades também oferece preparações com cactus copa-copa, chañar ou rica-rica, entre outros. Quais são esses ingredientes únicos e de onde eles vêm? Contamos para você embaixo:

chanar_Dick-Culbert_plantas_comestíveis_no_chile

Chañar

É uma árvore espinhosa cujo fruto tem um sabor doce e pode ser consumido cru, cozido ou torrado. Já é famoso o “arrope de chañar” um xarope que é usado para adoçar diferentes preparações como sobremesas e até carnes. Para prepará-lo, ferve-se o fruto maduro em água, moa-se e deixa-se ferver em fogo brando até obter a textura melosa característica de um xarope. A farinha também é preparada com os frutos maduros e fermentados, é produzida uma bebida alcoólica conhecida como aloja de chañar.

(Imagem por Dick Culbert)

rica-rica_josefinahepp_plantas_comestíveis_no_chile

Rica Rica

É um arbusto ou erva aromática que abunda como mato na área. Tanto as suas folhas como os seus ramos são utilizados como aromatizantes para o mate e o chá ou, uma vez desidratados, como condimento para alimentos e produção de sorvetes. Ele tem um aroma intenso e um sabor fresco, semelhante à hortelã.

(Imagem por Josefina Hepp)

pingo_Scott-Zona_plantas_comestíveis_no_chile

Pingo Pingo

É um arbusto de fama singular … é conhecido como o viagra atacameño, já que lhe são atribuídas propriedades afrodisíacas. Os frutos do pingo pingo são comestíveis, eles têm uma consistência suculenta, um sabor doce que o torna um bom aditivo para fazer sucos ou infusões.

(Imagem por Scott Zona)

Algarrobo_chileno_Dick-Culbert_plantas_comestíveis_no_chile

Algarrobo chileno

Os frutos desta árvore espinhosa são consumidos crus ou cozidos e têm um agradável sabor doce. Com estes é preparado mel ou também uma bebida refrescante ao moer os frutos. Além disso, são elaboradas a aloja de algarrobo, a chicha e até o vinagre depois de que terem fermentado.

(Imagem por Dick Culbert)

algarrobo_blanco_Valerio-Pillar_plantas_comestíveis_no_chile

Algarrobo blanco

A polpa dos frutos do algarrobo branco pode ser consumida crua ou moída para obter farinha. Além disso, os frutos (com exceção das sementes e o artelho) são fermentados para preparar uma bebida chamada aloja de algarrobo.

(Imagem por Valerio Pilar)

Patagônia

A Patagônia chilena é outra área que soube aproveitar os dons da natureza e o conhecimento ancestral para enriquecer a gastronomia. Mais do que um, há desfrutado de um calafate sour, uma requintada variação do famoso pisco sour, para recuperar a energia no final da noite ou tem voltado para casa com alfajores de calafate, geleias com maqui ou xarope de murta, entre outros. Aqui destacamos algumas dos frutos e plantas nativas comestíveis mais conhecidas da Patagônia:

calafate-Jon-Sullivan_plantas_plantas_comestíveis_no_chile

Calafate

São famosas as bagas deste arbusto sempre verde. De cor preto-azulada e sabor agridoce são protagonistas de diferentes pratos doces ou salgados, sucos, geleias ou xaropes e podem ser consumidas cruas ou cozidas.

(Imagem por Jon Sullivan)

nalca_kafka4pre_plantas_comestíveis_no_chile

Nalca

Os caules ou pecíolos são consumidos crus em saladas, geralmente com sal e têm um sabor ácido, refrescante e um tanto adstringente, ao contrário do ruibarbo, que é mais doce. Ao ferver suas folhas, se obtém uma bebida semelhante à limonada. Também há quem prepara um xarope com pedaços de nalca macerados em açúcar para consumi-lo como sobremesa.

(Imagem por @kafka4prez)

chilco_Tim-Waters_plantas_comestíveis_no_chile

Chilco

Embora poucos saibam, a Fuchsia magellanica, além de ser uma excelente planta ornamental, tem frutos comestíveis com sabor doce com que são feitos geleias e sucos. Eles também são consumidos ao natural, embora produzem uma leve coceira na garganta quando ingeridos.

(Imagem por Tim Waters)

Murta_Inao_plantas_comestíveis_no_chile

Murta

Este arbusto de frutos vermelhos tem inúmeras possibilidades gastronômicas. Os frutos da murta são aromáticos e podem ser consumidos frescos ou para fazer sucos, chichas, geleias, xaropes, licores, bolos, e doces em geral. Eles também são secos para seu consumidos no inverno ou usados para preparar bebidas alcoólicas como a mistela um licor tônico, ou vinho de murta. Mas até mesmo as sementes têm utilidade na cozinha: com elas você pode preparar uma bebida semelhante ao café ou bem extrair óleo.

(Imagem por Inao)

Maqui_Bicanski_plantas_comestíveis_no_chile

Maqui

É conhecida como o superfruto chileno por suas propriedades antioxidantes e pode ser consumido fresco ou desidratado, em sucos, sobremesas ou mesmo em vitaminas. Além disso, com eles é feita uma chicha doce e refrescante, com propriedades adstringentes e tônicas, embora de consumo restritivo devido a sua qualidade de obstiparia.

(Imagem por Bicanski)

luma_Lucia-Abello_plantas_comestíveis_no_chile

Chauchau

A luma, uma árvore de até 20 metros, possui alguns frutos conhecidos como chauchau que são consumidos frescos. Além disso, um molho é preparado com eles para acompanhar sobremesas e também é usado para preparar geleias. Fermentados são usados para fazer chicha e outras bebidas alcoólicas artesanais.

(Imagem por Lucia Abello)

canelo_Eric-Hunt_plantas_comestíveis_no_chile

Canelo

As sementes de canela são usadas como substituto da pimenta, dando um sabor agradável às refeições. Estas são secas e depois moídas, obtendo um tempero de agradável sabor, picante e aromático.

(Imagem por Eric Hunt)