Explora recebe Prêmio Nacional do Meio Ambiente
Noticias
outubro 30, 2018

Explora recebe Prêmio Nacional do Meio Ambiente por seu trabalho na Reserva Natural Puritama.

Explora, empresa proprietária e administradora dos 8.500 hectares que compõem a reserva, foi premiada por sua contribuição para o cuidado do meio ambiente e da comunidade local.

Premio Nacional de Medio Ambiente - Reserva Natural Puritama

Localizada a 25 quilômetros de San Pedro de Atacama, na região de Antofagasta, a Reserva Natural Puritama é a maior reserva privada do norte do Chile. Esta área de proteção selvagem inclui a quebrada Puritama em toda a sua extensão, e permite que explora tome conta do cuidado completo da quebrada e da biodiversidade que a rodeia.

A água é vida

O norte do Chile é um lugar de muitos segredos e é caracterizado principalmente por sua aridez. No entanto, há certos pontos em sua geografia peculiar que destacam, ao contrário, a água; e é nesses lugares – lagoas, bofedales, quebradas e salinas onde a vida se concentra no deserto e no altiplano e cuja conservação é, portanto, extremamente importante. Diante disso, explora adquiriu essas terras para preservar e valorizar a riqueza desse território.

A partir daí, diferentes estudos e projetos científicos têm sido desenvolvidos para a conservação da flora e fauna locais, como o estudo e monitoramento do gato andino, uma espécie ameaçada de extinção ou o cuidado da llareta, espécie de vegetação catalogada como vulnerável, para citar alguns. Não há outro rio na região com às características do Puritama, o que o torna um reservatório de biodiversidade.

Modelo holístico de conservação

Gato Andino - Reserva Natural Puritama

Além disso, dentro da reserva, emerge água termal do rio Puritama, que significa água quente em Kunza, o que permitiu explora construir piscinas e pouca infraestrutura invasiva para dar vida às Termas de Puritama, uma atração turística da região que tem renda e que constituem uma grande contribuição para a comunidade local e científica. Isso, porque uma parte deles é doada ao internato Andino de Calama que acolhe alunos de diferentes cidades distantes para dormir, e que possam assistir às aulas, enquanto outra parte é destinada à pesquisa e ao constante desenvolvimento de estudos que permitem conhecer e, portanto, cuidar melhor desse território.

A operação das fontes termais também beneficia os habitantes de San Pedro de Atacama que vivem do turismo e ajudam a conscientizar sobre o cuidado com o meio ambiente. Com mais de 60.000 visitantes por ano, é um dos pontos de natureza mais visitados do país. Um lugar onde o interesse turístico, a atividade econômica e a conservação do patrimônio convergem, cujo modelo pode ser replicado em outras partes do Chile.

Subscreva a explora News. Receba nossas notícias todos os meses.