Atravesse pampas, vales e desertos enquanto o ar lhe acaricia o rosto e as paisagens se revelam pouco a pouco. A cavalo ou de bicicleta, você disfrutará do cenário de outra perspectiva, seja percorrendo regiões remotas da Patagônia, no deserto do Atacama, na Ilha de Pascóa ou no Vale Sagrado dos Incas.

Vale Sagrado & Machu Picchu

As rotas de bicicleta pelo Vale Sagrado dos Incas, no Peru, descem do alto do vale até suas encostas, ziguezagueando para seguir as aguas do rio Urubamba e terminando entre colinas, pomares e plantações de quinua. Seus companheiros de viagem – além do guia explora – serão as ruínas de Pisac, o povoado colonial de Maras e os terraços de cultivos, que são trabalhados desde tempos ancestrais pelas comunidades quechua.

VEJA MAIS Vale Sagrado reserva

Atacama

Você pode explorar o deserto do Atacama no seu próprio ritmo. A passo lento e suave montado a cavalo entre dunas e quebradas; ou em alta velocidade descendo de bicicleta pelo altiplano andino, a mais de 4.000 metros de altitude. Seja qual for a velocidade e a forma, nossos guias permitem que qualquer um possa curtir uma exploração a cavalo ou de bicicleta pelas zonas mais remotas do deserto do Atacama.

VEJA MAIS Atacama reserva

Ilha de Pascóa

Pedalar em busca dos moais que olham para o mar. Alcançar o cume do Terevaka para observar a imensidão do oceano Pacífico. Percorrer a costa de rocha vulcânica até topar com a arena branca de Anakena. E depois tomar um descanso: as pausas são tão importantes quanto o movimento para observar e dar-se conta de que o continente mais próximo está a mais de 3.700 kms. Neste momento, uma pessoa começa a entender porque Rapa Nui é conhecida como o umbigo do mundo.

VEJA MAIS ILHA DE PASCÓA reserva

Patagônia

Os gaúchos levam gerações habitando estas terras, pelas quais circulam desde tempos imemoriais, sempre acompanhados de seus cavalos. Montado em Parrandero, Borgoña ou Alcalde, alguns de nossos cavalos especialmente criados para o clima e a geografia patagônica, se tem uma perspectiva única do Maciço Paine, da estepe e dos mirantes. Ao final do percurso, a conversa flui fácil em torno de um mate na companhia de nossos guias e gaúchos, quando poderá escutar as histórias da vida na Patagônia.

veja mais Patagônia reserva

Sempre que puder, caminhe. Quando você caminha, pode ver as coisas mais de perto e enxergar os detalhes. Perca-se pelas trilhas que atravessam[…]

Veja Mais

A experiência de viagem é mais intensa quando compartilhada. Em explora levamos nossos viajantes para conhecer cada território através[…]

Veja Mais

Explorar é muito mais do que chegar a lugares remotos nos quais nunca havia pisado. É uma experiência que envolve todos os sentidos[…]

Veja Mais

Respirar. Certamente uma atividade essencial, da qual muitas vezes não somos conscientes. Em explora nos dedicamos a percorrer os caminhos[…]

Veja Mais